Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2009

Tempestade elétrica - Prólogo

Tempestade elétrica
Prólogo
Por Jack Sawyer


Ano 2055

No auge da tecnologia, a inserção de DNA humano em máquinas, para torná-las mais humanas, já é possível. A clonagem humana ainda era proibida e as diversas clínicas clandestinas, que efetuavam esse procedimento, eram terrivelmente atacadas e destruídas por ativistas contra a clonagem, tornando esse procedimento, arriscado e caro, ficando inviável a sua realização.

~ o ~ o ~
Ano 2108

Um fragmento de um meteoro cai na Terra, provocando uma grande agitação na comunidade cientifica, que detectaram duas coisas: primeira, o fragmento tinha vindo de outra galáxia; segundo haviam detectado fósseis com DNA preservado incrustado no fragmento de rocha estelar.
Os cientistas conseguiram extrair DNA dos fósseis e começaram a inserir em humanos, em regime experimental.
Em um século, 1/3 da população da Terra era híbrida, com DNA alienígena, mas mantinham a aparência humana. Em conseqüência disso, possuíam algumas características peculiares. Alguns podia…

O poço da vida eterna

Imagem
Poço da vida eterna.
Por Jack Sawyer


O vento açoitava o rosto e minhas orelhas. Já estava a 1600 metros de altura naquela escalada quase vertical, esperando que tudo aquilo fosse verdade. Preparara-se tanto.
Tentava não olhar para baixo, mas era inevitável. A altura é muito maior vista de cima do que quando se está embaixo.
Tudo isso começou há um ano atrás, quando socorri uma vítima de atropelamento. Era um cigano. Uma camionete o havia acertado em cheio e o jogado de encontro a uma árvore.
Eu estava logo atrás com meu jipe, e vi quando o motorista da caminhonete foi embora sem prestar socorro.
O homem estava muito mal. Não ia sobreviver, mas em seus últimos instantes de agonia, se esvaindo em sangue por todos os lados, enfiou a mão dentro colete de couro que estava usando e tirou um pacote enrolado com uma fina tira de couro. Antes que eu esboçasse qualquer reação, ele me fez jurar que seguiria adiante, que seguiria o mapa e encontraria o poço. Quando finalmente concordei, para que ele n…